Notícias
15/05/2019 – 15h30 | última atualização em 15/05/2019 – 15h35

Comissão Especial de Práticas Colaborativas mostra como mediação pode ajudar divórcio

Fonte: redação da Tribuna do Advogado
              Foto: Luciana Botelho  |   Clique para ampliar
 
Clara Passi
Faltou lugar no plenário Carlos Maurício durante a palestra O processo colaborativo na condução dos problemas de um divórcio, realizada pela presidente da Comissão Especial de Práticas Colaborativas da OAB/RJ, Lívia Caetano, nesta quarta-feira, dia 15.
 
Advogada de Família, com foco em atuação preventiva, consensual, sistêmica e colaborativa, diplomada em Mediação Judicial pelo TJ/RJ e especialista em Constelação Familiar, Caetano falou de cátedra sobre como o processo de dissolução de um casamento pode ser beneficiado pela mediação. 

“É um profissional que vai ajudar aquela família a equilibrar as finanças depois da separação e dar um suporte para a partilha de bens”, disse ela, que abordou também dos limites éticos da atuação daquele profissional, sobretudo no que diz respeito à privacidade das partes.
PUBLICIDADE
OAB/RJ - Av. Marechal Câmara, 150 - Rio de Janeiro - RJ - CEP: 20020-080 - Fones: (21) 2730-6525 / (21) 2272-6150
atendimento@oabrj.org.br - 2012 - OAB/RJ online - Todos os direitos reservados.
Fechar(x)